mantas, mantas e mais mantas

Juntei amostras velhas, com trabalhos abandonados e uni-os ao sabor da corrente.
No fim, ficou assim... E, com dizia o Americo Tomas, só tenho um adjectivo: Gostei!

Carreiras enviezadas distraem mais ! dá para aproveitar pontas pequenas.
Acho que nesta manta resultou bem a barra à volta com cores variadas.

Foi um bocado chata de fazer, porque não gosto de carreiras tão compridas sempre iguais.
Mas obriguei-me a isso.
Ainda hei-de fazer outra com uma carreira da mesma cor de 2 em 2, ou de 3 em 3 carreiras.
A mãe de uma colega do liceu andava a fazer uma assim e eu sempre lhe invejei a paciencia.

Fi-la com restos de lã , usando na primeira carreira restos de trabalhos para bébés. Os brancos e os castanhos são desiguais , mas não se nota. O cor de laranja comprei nos saldos da Brancal.


Esta aqui é o mais be-a-ba possível...mas acho que ficou bem com as duas últimas carreiras em preto e cinzento. Há um problema:como é muito usada já tem uns buraquitos a mais...




Agora que as fotografei é que dei conta da quantidade de trabalhos que já fiz , já que só comprei lã para fazer o fundo dos quadrados cinzentos e laranja. Tudo o resto foi feito com restos de trabalhos anteriores.

7 comentários:

aos meus olhos disse...

Olá, bom dia! Para começar, adirei o nome do blog. Inumeras vezes tenho postado trabalhos com os quais me sinto qual Penélope (faz e desfaz) porque nem sempre as coisas ficam do meu jeito logo à primeira.
Estas mantas estão simplesmente lindas, e a minha atenção vira-se especialemte para a primeira, porque deve requerer muita imaginação e atenção para organizar squares de tantos tamanho e ainda conseguir conjugar as cores... Parabéns pelo resultado de todas elas.
Quanto ao link e ideia do que quer que seja... sirva-se!
Apenas não gosto de ver fotos de trabalhos meus postados noutros blogs como sendo trabalhos das donas dos mesmos, mas com os devidos créditos, não tem problema nenhum. O meu blog serve apenas de inspiração, porque quase tudo o que faço é sem receita, é feito ao sabor da imaginação. Detesto regras, e como tenho que as seguir em quase tudo o que faço no dia-a-dia, vingo-me nas manualidades e faço tudo ao meu jeito!
Bjito e voltarei mais vezes.
ana

mãenuela disse...

olá ana
tambem gosto que ostrabalhos se vão desenvolvendo por conta própria. Talvez por isso não tenha gostado de fazer a de riscas ao comprimento: pelo menos o comprimento ficou definido na 1ª carreira, e isso já torna o trabalho menos interessante.
Se não gosta de regras é bom poder descarregar nas manualidades, mas (conselho de velha matrona...)
vá infringindo também as que puder,
nas intelectualidades...

Maria Inês disse...

Olá Manoela, adorei suas mantas.

Querida amiga,

 Se um dia
a felicidade chegar
carregada de beijos
não se assuste,
os beijos eu mandei e
a felicidade foi o q sempre
lhe desejei !!!

Maria Inês

knit_tgz disse...

Gostei muito das mantas. A das amostras está excelente, acombinação das cores correu muito bem!

xana disse...

Adorei! São lindas!

Filomena disse...

Manuela,

As suas mantas ficaram um espectáculo! ;o)

Fios de Palha disse...

São lindas, estas mantas!!Parabéns!